Quem sou eu Artigos Fotos com o deputado Deu na Imprensa Notícias Fale com o Junji Fale com o Junji
   
   
   
 
E-mail:
 
 
 
 
Em defesa da vida
Ter�a-feira, 02 de Mar�o de 2021 Enviar por e-mail Versão para Impressão acessos
42
 
#EmDefesaDaVida Em 12 de fevereiro, quatro decretos presidenciais flexibilizaram as regras para compra e uso de armas no terrritrio nacional. As modificaes alcanam os seguintes objetivos: Limite de Armas; Porte de Armas; Aptido Psicolgica para Caadores, Atiradores e Colecionadores (CACs); Munio e Armas para CACs; Produtos Controlados pelo Exrcito; Categorias Profissionais; e Prtica de Tiro Desportivo por Adolescentes.

Com todo respeito pelos favorveis flexibilizao (que devem ter suas razes), sinto-me no dever de alertar autoridades, lideranas e a populao em geral sobre o risco do aumento da violncia e de mortes decorrentes dessas mudanas. Devem crescer at acidentes, semelhantes ao caso do adolescente de 12 anos que disparou uma arma de fogo contra seu amigo, de 9 anos, levando o menino hospitalizao, em condio gravssima.

Cientistas polticos e lideranas civis manifestam extrema preocupao com as medidas presidenciais. A flexibilizao ao porte e uso de armas de fogo viram convite para extremistas e radicais ideolgicos se armarem e atentarem contra o Estado de Direito Democrtico. Ou seja, pode dar mais munio contra a democracia brasileira, conquistada com tanta dificuldade, porm, ainda no consolidada. Afinal, cada ao gera uma reao. E a tendncia passa a ser a expanso geomtrica da violncia.

Penso que o Estatuto do Desarmamento foi um extraordinrio avano para ajudar a inibir a violncia. Tem base na Lei Federal n 10.826, de 23/12/2003, regulamentada pelo Decreto Federal n 5.123, de 01/06/2004, que dispe sobre registro, posse e comercializao de armas de fogo, munies e outros dispositivos. Ficou permitido o porte de armas de por civis nos casos onde houvesse comprovada necessidade. Por exemplo, a concesso para pessoas que moram em locais isolados se defenderem de eventual violncia causada por marginais. Porm, com cassao a qualquer momento se o portador armado for abordado em estado de embriaguez ou sob efeito de drogas ou medicamentos que provoquem alterao do desempenho intelectual ou motor.

Vivemos o cruel embate da pandemia de Covid-19, com o nmero de bitos na casa dos 250 mil, em contraste com o pfio desempenho do governo federal no enfrentamento desse vrus mortal. No por menos, pipocam manifestaes de parlamentares do Congresso Nacional, outros polticos, Imprensa, lideranas civis e parcelas da populao contra os decretos presidenciais para flexibilizao de armas. No momento atual, cresce o coro de que o povo quer vacinas; armas no! Mesmo assim, o presidente da Repblica interpreta que o povo est vibrando com os novos decretos em favor do armamento.

No meu entender, a postura presidencial reflete extremo negacionismo. Embora respeite a opinio de quem a favor da flexibilizao do uso de armas por civis, reitero que sou contra a medida. E fao votos para que foras divinas iluminem a maioria dos congressistas no sentido de que os quatro decretos presidenciais sejam urgentemente analisados, discutidos,votados e rejeitados. Para o bem de toda a sociedade e na defesa do mais sublime patrimnio que temos: a Vida. #NosArmas

Junji Abe, produtor e lder rural, ex-prefeito de Mogi das Cruzes, na Grande So Paulo
Enviar por e-mail Versão para Impressão   Ler mais artigos
 
   



     
 
11/04/2014
Ateno aos obesos
 
08/04/2010
Imprensa amordaada, fim da democracia
 
09/07/2010
De corpo e alma
 
 
 
 
JUNJI ABE  |  NOTÍCIAS  |  ARTIGOS  |  IMPRENSA  |  GALERIA  |  Todos os direitos reservados © Junji Abe 2011  | Login


Correspondência: Av. Fausta Duarte de Araújo, nº 145 - CEP: 08730-130 - Jd. Santista - Mogi das Cruzes - SP   |   Telefone: (11) 4721-2001   |   E-mail: contato@junjiabe.com