Quem sou eu Artigos Fotos com o deputado Deu na Imprensa Notícias Fale com o Junji Fale com o Junji
   
   
   
 
E-mail:
 
 
 
 
Referncias humanitrias
Quinta-feira, 11 de Mar�o de 2021 Enviar por e-mail Versão para Impressão acessos
53
 
Para arejar nossa mente, congestionada com ms notcias, registro aes verdadeiramente altrustas nos enchem de emoo e alegria! Funcionam como bssolas a nos guiar para um porto seguro, quando estamos perdidos na escurido, sem rumo e com problemas de difcil superao. Alm dos avs e pais que so saudveis referncias a moldar nossas existncias, o mundo nos proporciona pessoas que se tornam paradigmas com suas posturas sublimes e de amor irrestrito.

Para essas raras personalidades rendemos a nossa homenagem e externamos profunda gratido! No incio de fevereiro, vimos o Padre Jlio Lancellotti quebrando, com marretadas, as pedras pontiagudas sob o Viaduto Dom Luciano de Almeida, no Tatuap, em So Paulo, colocadas para impedir o pernoite de moradores em situao de rua. Ele tentava reverter a desastrada ao de funcionrios da Subprefeitura da Mooca.


Padre Jlio Lancellotti, coordenador da Pastoral do Povo de Rua, da Arquidiocese de So Paulo, uma das figuras emblemticas do Brasil na luta contra a desigualdade social, assim como o maior protetor e orientador de pessoas em situao de rua. Indignao diante da opresso. Marretas nas pedras da injustia. desumano, parece campo de concentrao, manifestou-se o anjo da guarda dos oprimidos, em sua rede social.


Tive a honra de conhecer o Padre Jlio Lancellotti, enquanto deputado estadual, na dcada de 1990. Ele lutava em prol das crianas e adolescentes internados na antiga Febem (atual Fundao Casa), administrada pelo governo estadual. Na poca, as unidades eram palco de constantes rebelies, em funo de abusos, maus-tratos e ineficincia administrativa. Os fatos justificavam a sublime interveno do Padre Jlio na defesa dos direitos humanos e orientaes visando resguardar crianas e adolescentes abandonados, oprimidos e revoltados.

Quanto aos moradores em situao de rua na Capital, em 2019, eram 24.344 pessoas. Porm, a Imprensa registra que a pandemia deve ter elevado esse nmero para mais de 30 mil. H anos, o Padre Lancellotti sugeriu Prefeitura alternativas para minimizar os efeitos da crise que multiplica a populao em situao de rua. Props locao social e bolsa aluguel, por exemplo. Porm, no houve sensibilidade da administrao pblica.

So exemplos de pessoas de grande magnitude espiritual, moral e tica que nos inspiram e nos ensinam a valorizar a solidariedade, a caridade e o amor. #Gratido

Imagem: Reproduo Twitter

Junji Abe, produtor e lder rural, ex-prefeito de Mogi das Cruzes, na Grande So Paulo
Enviar por e-mail Versão para Impressão   Ler mais artigos
 
   



     
 
11/04/2014
Ateno aos obesos
 
08/04/2010
Imprensa amordaada, fim da democracia
 
09/07/2010
De corpo e alma
 
 
 
 
JUNJI ABE  |  NOTÍCIAS  |  ARTIGOS  |  IMPRENSA  |  GALERIA  |  Todos os direitos reservados © Junji Abe 2011  | Login


Correspondência: Av. Fausta Duarte de Araújo, nº 145 - CEP: 08730-130 - Jd. Santista - Mogi das Cruzes - SP   |   Telefone: (11) 4721-2001   |   E-mail: contato@junjiabe.com