Quem sou eu Artigos Fotos com o deputado Deu na Imprensa Notícias Fale com o Junji Fale com o Junji
   
   
   
 
E-mail:
 
 
 
 
Mais amor e tolerncia
Sexta-feira, 12 de Novembro de 2021 Enviar por e-mail Versão para Impressão acessos
55
 
#dioMata Embora o tema seja recorrente, creio que aes contra o dio e preconceito de qualquer natureza no tm data nem hora. O problema real e cotidiano. Deve ser sempre analisado e discutido na expectativa de que seja vencido. O governo da Bahia lanou uma campanha impactante contra o dio e preconceito no ms passado (7/10).

No vdeo, diversas formas de violncia so retratadas e narradas pelas prprias vtimas. A pea publicitria pede mais respeito e aborda temas como machismo, racismo, homofobia, transfobia, capacitismo e gordofobia. Muito bem-vinda e certeira, a iniciativa recebe comentrios extremamente positivos nas redes sociais.

Na introduo do vdeo, a legenda mostra: S quem sente na pele sabe o que ter que lidar com o dio e o preconceito todos os dias. Isso machuca, separa e pode at matar. Mas, quer saber? T na hora de mudarmos essa realidade. Substituir o dio e o preconceito por mais amor e tolerncia. Afinal, somos diferentes, mas todos iguais.

No incio do clipe, uma mulher aparece na praia dizendo que vo fazer piadinhas quando ela tirar a canga, por ser gorda. Na sequncia, um homem negro aparece em uma loja e comenta que ser seguido por um segurana, por conta da sua cor de pele.

Numa outra parte do vdeo, aparecem duas mulheres se beijando. Aquela mesa vai comentar que esse beijo um absurdo, s porque somos lsbicas. Em seguida, um homem em uma cadeira de rodas surge procurando trabalho, mas logo afirma sobre o empregador: Ele vai comentar que eu no tenho o perfil, mesmo tendo vaga na empresa. Logo depois, uma mulher surge em uma reunio s com homens, e conta o que acontece muitas vezes: Ele vai me interromper o tempo inteiro, s porque eu sou mulher.

Na parte conclusiva, o forte da campanha: uma mulher trans aparece na rua e diz. Eu vou ser assassinada ali na esquina, s porque eu sou trans. Ao fundo, uma pessoa joga uma pedra e o vdeo termina com algumas frases. Todo preconceito alimenta o dio. O dio mata!

Gestores pblicos, polticos, lideranas e populao em geral devem seguir o relevante exemplo do governo da Bahia, que escancara um dos piores males da humanidade dio e preconceito. Os comentrios sobre a campanha extrapolam os nveis normais de satisfao. Os elogios aparecem maciamente em reportagens dos meios de comunicao.

De carona nessa proposta, vamos rechaar quaisquer sentimentos que fazem mal a ns mesmos e pregar o carinho, a ateno, o respeito, a solidariedade e muito amor, amor e amor... #MaisAmorETolerncia

Mais sobre a campanha baiana: https://bhaz.com.br/governo-bahia-lanca-campanha-forte-contra-odio-preconceito/#gref

(Imagem: Reproduo/@govba/Instagram)

Junji Abe, produtor e lder rural, ex-prefeito de Mogi das Cruzes, na Grande So Paulo
Enviar por e-mail Versão para Impressão   Ler mais artigos
 
   



     
 
11/04/2014
Ateno aos obesos
 
08/04/2010
Imprensa amordaada, fim da democracia
 
09/07/2010
De corpo e alma
 
 
 
 
JUNJI ABE  |  NOTÍCIAS  |  ARTIGOS  |  IMPRENSA  |  GALERIA  |  Todos os direitos reservados © Junji Abe 2011  | Login


Correspondência: Av. Fausta Duarte de Araújo, nº 145 - CEP: 08730-130 - Jd. Santista - Mogi das Cruzes - SP   |   Telefone: (11) 4721-2001   |   E-mail: contato@junjiabe.com