Quem sou eu Artigos Fotos com o deputado Deu na Imprensa Notícias Fale com o Junji Fale com o Junji
   
   
   
 
E-mail:
 
 
 
 
Viglia da felicidade
Ter�a-feira, 06 de Abril de 2021 Enviar por e-mail Versão para Impressão acessos
41
 
Neste longo perodo de isolamento social, notadamente para pessoas com idade mais avanada, as reflexes sobre a vida tendem a aumentar. A, deparei-me com a notcia sobre o Relatrio de 2020, da Gallup Word Poll, sobre os pases mais felizes do mundo.

Pela 4 vez, a Finlndia levou o ttulo de nao mais feliz do mundo, frente de Islndia (2) e Dinamarca (3). O Brasil ficou em 41, porm, antes da China (52), Portugal (53) e Colmbia (54). A classificao alicera-se em situaes bem definidas: nveis do Produto Interno Bruto (PIB), expectativa de vida, generosidade, apoio social, liberdade, renda e uma confiana mtua entre sociedade e o poder pblico. Frustra minha avaliao antecipada sobre itens como clima tropical, condies hdricas, miscigenao tica, povo extrovertido e generoso, dentre outros fatores preponderantes no Brasil.

Dentre os critrios do Relatrio, curvei-me sobre os elementos PIB e confiana mtua povo-poder pblico, os itens faltantes neste gigante e fantstico Brasil. Sem pretenso de especialista, analiso humildemente a correlao entre felicidade, um pas e seu povo. O dicionrio nos ensina que o sinnimo de felicidade pode ser alegria, satisfao, contentamento, bem-estar, prazer, jbilo, gosto, deleite, regozijo, euforia, bem-aventurana, sorte, vitria, triunfo, glria, etc... As pessoas entendem de diversas formas a maneira de ser feliz. Para uns, encontrar um parceiro(a) ideal; para outros, ganhar muito dinheiro. Enfim, cada qual sente-se feliz de formas idnticas e diferentes, mas todos clamam por bem-estar, alvio dos sofrimentos e realizao.

Para atingir esse intento, necessrio alcanar a paz interior e isso vem antes de conquistas campo materiais. A felicidade e a paz interior no so restritas a determinadas classes sociais e nem permanentes. Os altos ndices de depresso, dependncia qumica e suicdios, proporcionalmente, atingem mais as classes abastadas, em contraste com famlias humildes que, sem posses, so felizes, com unio, alegria e harmonia entre seus entes queridos.

As reflexes nos levam condio de que ser feliz e ter paz interior so estados naturais do ser humano. Independem de cor, credo, renda e gnero. So estados emocionais de pessoas que gozam de plena harmonia no seu entendimento sobre a vida, com otimismo e gratido por poder existir, respirar e se alimentar.

Ser feliz no significa sentir prazer o tempo todo. Felicidade viver e desfrutar o momento presente, como tambm fazer algo com um objetivo futuro, uma meta que faa sentido a longo prazo.

Nesta reflexo, sinto-me privilegiado! Mesmo como cristo catlico, na adolescncia, tive a oportunidade de acompanhar constantemente meus avs ao templo budista. Ouvia atentamente os sermes dos monges, que calaram fundo na minha mente como lio de vida. Aprendi que cada um precisa alcanar a paz de esprito para ser feliz, e que a felicidade no permanente. efmera, como o dia e a noite; o vero e o inverno. Acima de tudo, cada um tem de valorizar profunda e conscientemente cada momento para sentir felicidade.

Privilegiados por vivermos num pas fantstico, ns, brasileiros, temos o dever de participar efetivamente dos assuntos que envolvem a sociedade. No campo poltico, no basta reclamar, mas sim, exercer acompanhamento e fiscalizao dos agentes polticos, governantes e gestores pblicos de todas as esferas de poder. Assim, podemos aumentar os momentos de felicidade, conquistando um dos itens no Relatrio da Gallup Word Poll: a confiana mtua entre a sociedade e o poder pblico. #PovoMaisFeliz

Junji Abe, produtor e lder rural, ex-prefeito de Mogi das Cruzes, na Grande So Paulo
Enviar por e-mail Versão para Impressão   Ler mais artigos
 
   



     
 
11/04/2014
Ateno aos obesos
 
08/04/2010
Imprensa amordaada, fim da democracia
 
09/07/2010
De corpo e alma
 
 
 
 
JUNJI ABE  |  NOTÍCIAS  |  ARTIGOS  |  IMPRENSA  |  GALERIA  |  Todos os direitos reservados © Junji Abe 2011  | Login


Correspondência: Av. Fausta Duarte de Araújo, nº 145 - CEP: 08730-130 - Jd. Santista - Mogi das Cruzes - SP   |   Telefone: (11) 4721-2001   |   E-mail: contato@junjiabe.com